Pages

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Ohana

Família. Uma palavra com um significado tão vasto. De acordo Lilo [Lilo e Stich - o filme], Ohana significa nunca abandonar ou esquecer. 
Com esse princípio, então, família não é só o pai, a mãe, irmãos, tios e primos. Família também é aquela amiga da primeira série que trocava figurinhas do álbum da Turma da Mônica; ou aquela vizinha, que você não saía da casa dela enquanto não ouvisse uma história de guerras, heróis, mocinhos e vilões.
Família é o primeiro beijo, foi tão desconfortável, tão esquisito, que às vezes você prefere nem lembrar ou o primeiro namoro, com quem você trocou cartas, e-mails, torpedos e que não sabe ainda porque não deu certo [era tão bom...]. 
Família é o primeiro computador, que te ajudou desde a fazer trabalhos escolares, até a conversar com o mundo, ou a se refugiar quando você queria sumir do mundo real.
Família é o primeiro emprego; você ganhava tão pouco e trabalhava tanto, que não sabe porque topou ser escravo em tempos modernos.
Todas essas lembranças serão eternas na sua vida e, por isso, cada uma delas faz parte da sua família, faz parte de você. Isso é Ohana. Jamais abandonar o que fez parte da sua via um dia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário