Pages

segunda-feira, 23 de julho de 2012

"Certas coisas me deixam triste. E louca. Como pode a gente gostar de uma pessoa, ver que ela está chateada e ficar de braços cruzados? Como pode você perceber que o outro está te tratando diferente e ficar indiferente? Como pode a gente só olhar para o próprio umbigo e para as necessidades pessoais? Como pode a gente só pedir apoio, calma, paciência e compreensão e não dar nada em troca? Como pode a gente não se dar por inteiro, mas esperar que a outra pessoa esteja inteira? Hoje em dia é muito fácil querer, exigir, fazer questão que o outro nos enxergue. Difícil mesmo é se colocar no lugar do outro, tentar se ver de longe e analisar onde está o nosso erro."


Clarissa Corrêa



iCheckMovies

Recentemente, eu descobri uma rede social para os amantes de filmes, iCheckMovies. É bem simples de usar. Existem várias listas de filmes [muuuuuuuuuitos mesmo!] e é só marcar os que você já assistiu. Também tem como fazer uma lista dos filmes que você quer assistir, uma lista dos seus favoritos..
Dá pra discutir e opinar sobre os filmes e adicionar filmes.
Eu achei muito interessante, principalmente pra quem gosta de filmes diferentes. Tem muitas opções. Já fiz a minha conta e já estou viciada. Todos os dias procuro filmes novo pra assistir, marco os que eu já vi e opino também.
Vale a pena conferir!

Achei na Superinteressante.


sábado, 21 de julho de 2012

"O ontem é história. O amanhã é mistério. Mas o hoje é uma dádiva, por isto se chama presente." 

Kung fu Panda

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Ohana

Família. Uma palavra com um significado tão vasto. De acordo Lilo [Lilo e Stich - o filme], Ohana significa nunca abandonar ou esquecer. 
Com esse princípio, então, família não é só o pai, a mãe, irmãos, tios e primos. Família também é aquela amiga da primeira série que trocava figurinhas do álbum da Turma da Mônica; ou aquela vizinha, que você não saía da casa dela enquanto não ouvisse uma história de guerras, heróis, mocinhos e vilões.
Família é o primeiro beijo, foi tão desconfortável, tão esquisito, que às vezes você prefere nem lembrar ou o primeiro namoro, com quem você trocou cartas, e-mails, torpedos e que não sabe ainda porque não deu certo [era tão bom...]. 
Família é o primeiro computador, que te ajudou desde a fazer trabalhos escolares, até a conversar com o mundo, ou a se refugiar quando você queria sumir do mundo real.
Família é o primeiro emprego; você ganhava tão pouco e trabalhava tanto, que não sabe porque topou ser escravo em tempos modernos.
Todas essas lembranças serão eternas na sua vida e, por isso, cada uma delas faz parte da sua família, faz parte de você. Isso é Ohana. Jamais abandonar o que fez parte da sua via um dia.


Primeiro post (teste)



Primeira postagem!
Esse blog é totalmente de interesse pessoal e foi feito para registrar minha vida de uma maneira diferente.
Será um diário virtual compartilhado. Vão ser postados textos, matérias interessantes, receitas, fotos, vídeos, opiniões sobre livros, moda, maquiagem, saúde e beleza também.
So... Let's go!