Pages

domingo, 5 de julho de 2015

Maratona Literária de Inverno 2015

Não podia deixar de participar da Maratona Literária de Inverno 2015, promovida pelo Victor Almeida, do blog Geek Freak e no vlog, ele explica tudo direitinho.

Então... como a inteligência dessa pessoa perdeu o prazo de inscrição, não estou participando oficialmente, mas eu achei a ideia tão bacana que quis participar mesmo assim.
A TBR da maratona está dividida em quatro temáticas e serão sete desafios. Não vou conseguir cumprir todos os desafios com os livros que eu escolhi pra ler, mas espero cumprir o máximo de metas!!

Como ando meio sem tempo estou lendo uns 2 ou três livros por mês; então, limitei em quatro a quantidade de livros. Vamos lá!


Quatro
Autora: Verônica Roth
Esse livro faz parte da série de livros Divergente e é a história contada pela visão de Tobias, o Quatro.
Sei que o livro não é da triologia, mas como decidi de última hora participar da maratona, esse era o único livro que eu tinha que se encaixa na temática da primeira semana (ler um livro de fantasia, distopia e/ou ficção científica) e que eu ainda não tinha lido.
Ele se encaixa no desafio um livro que eu ganhei, um livro que alguém escolheu por mim e começar e/ou terminar uma série ou triologia. 

Inferno
Autor: Dan Brown
Esse livro será o da segunda semana que tem a temática Thriller, Suspense ou Terror. Ele entra no desafio do gênero de livro que eu menos li ano passado e um livro com mais de 400 páginas.

O Mundo de Sofia
Autor: Jostein Gaarder
Será o  livro da terceira semana. A temática é Romance ou Drama. Os desafios a serem cumpridos com este livro são um livro que já virou adaptação cinematográfica (sim, existe o filme O Mundo de Sofia e eu não gostei!! kkkk pra quem quiser tem disponível no Youtube) e um livro com a capa azul. Ele também se encaixa no desafio de ler um livro com mais de 400 páginas (547 para ser mais precisa).

E por fim... 
O Vendedor de Sonhos
Autor: Augusto Cury
Pra temática da última semana (livros nacionais) e é para o desafio do gênero que eu menos li no ano passado

O único desafio que não será cumprido será o de um livro com figuras e ilustrações.
Espero conseguir cumprir todos os desafios!!!
Boa sorte a todos os participantes!!

#MLI 2015

EXTRA!!

Estou com duas leituras em andamento "As Cinco Linguagens do Amor" e "Os Crimes do Monograma" e logo volto com resenhas de todos eles!

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Resenha do livro - O TESTE

Depois da dificílima decisão de: "volto ou não volto a escrever?", resolvi voltar com o blog. E para começar, trouxe a resenha do último livro que li

Sinopse: "No dia de formatura de Malencia 'Cia' Vale, e dos jovens da Colônia Cinco Lagos, tudo o que ela consegue imaginar - e esperar - é ser escolhida para O Teste, um programa elaborado pela Comunidade das Nações Unificadas, que seleciona os melhores e mais brilhantes recém-formados para que se tornem líderes na demorada reconstrução do mundo pós-guerra. Ela sabe que é um caminho árduo, mas existe pouca informação a respeito dessa seleção. Então, ela é finalmente escolhida e seu pai, que também havia participado da seleção, se mostra preocupado. Desconfiada de seu futuro, ela corajosamente segue para longe dos amigos e da família, talvez para sempre. O perigo e o terror a aguardam. Será que uma jovem é capaz de enfrentar um governo que a escolheu para se defender?"

Sem desmerecer o tradutor Santiago Nazarian e a Editora Única, achei a tradução um pouco pobre e há erros de concordância em todo o livro. não são muitos mas eu que nem sei as regrinhas do português. Só para exemplificar, em um trecho do livro onde deveria (eu acho) estar escrito "estarão", apareceu um "serão estão" deixando a frase totalmente sem nexo, mas nada que tirasse a emoção da história.

O livro se trata de uma distopia no mesmo molde de Jogos Vorazes, Maze Runner e Divergente (me lembrou Divergente muitas vezes, principalmente nas partes em que Cia descreve as sensações do romance entre ela e Tomas).

A autora Joelle Charbonneau deixou um gostinho de quero mais para ler os próximos livros!

Comprei na  Submarino a triologia por R$ 30,00 e minha nota para o livro é 4, não porque a história é ruim em si, mas é porque é muito parecida com outras.
Para quem gosta de distopias, recomendo a leitura!


quarta-feira, 24 de abril de 2013

Irmão negro

Poucos são os livros infanto-juvenis que trazem uma reflexão sobre algo de fato. A maioria são fantasiosos (isso é ótimo, mas todos?), despertando o poder de imaginação dos pequenos e deixando de lado o senso crítico e a reflexão sobre a realidade em que vivemos.
O livro Irmão Negro, de Walcyr Carrasco, traz em linguagem fácil, um pouco sobre o preconceito no país. Apesar de ser uma história forte, ela é trazida de uma forma branda e induz o adolescente a pensar sobre seu comportamento diante do preconceito racial.
Lançado em 1996, o Irmão Negro, traz um assunto ainda muito atual.
Leo sempre sonhou em ter um irmão. E esse sonho se realiza quando sua mãe vai para a Bahia buscar seu primo, agora órfão. Apesar de serem primos, Sergio é diferente do resto da família. Negro. Será possível amar esse irmão e se ver livre do preconceito?

Recomendo a leitura são só para as crianças.


sexta-feira, 22 de março de 2013

Jane Austen



Como uma escritora que nasceu no século XVIII pode influenciar tantos autores de hoje e ter tantos fãs de suas obras?

"Jane Austen é uma das escritoras inglesas mais famosas, passados mais de dois séculos de sua morte. Autora de romances como Orgulho e preconceito, Razão e sentimento e Persuasão, consagrou-se por seus diálogos afiados e pela ironia presente em seus romances. Seus recursos de linguagem tinham um alvo específico: a sociedade provinciana inglesa do século XVIII."

Já tinha ouvido falar dela várias vezes, mas nunca tinha me interessado em ler suas obras. Até que assisti o filme "The Jane Austen Book Club" e simplesmente me apaixonei por ela. O modo com que cada personagem foi se identificando com a história que lia me fez querer ler cada livro.

Ainda não comecei, mas já comprei quatro:


> A Abadia de Northanger

> Orgulho e Preconceito

> Razão e Sensibilidade

> Persuasão


Espero que eu goste dos livros e me apaixone assim como todos que já leram !




segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Desafio literário 2013

Buscando um site/blog com resenhas hoje, acabei descobrindo um tesouro: o blog Desafio Literário. Funciona da seguinte maneira: para participar você deve ler no mínimo um livro por mês, totalizando 12 até o final do ano. Cada mês é proposto um tema e a escolha do livro fica a seu critério. Ao final de cada mês são feitos sorteios e você nem precisa se inscrever, basta enviar a sua resenha!
Me apaixonei de cara e estou mega ansiosa para participar!
Vou começar minha leitura em 3, 2, 1...


terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Disciplina

Por que é tão difícil ser uma pessoa disciplinada?
Sempre que faço essa pergunta penso em bailarinas. Não existe no mundo ninguém mais dedicado que elas. Treinam horas e mais horas, machucam os pés e, mesmo assim, não desistem. No outro dia estão lá novamente, com seus calos, seu cansaço, até mesmo indisposição. 
Mas, por que eu não consigo?

Nunca fui dedicada em nada que fazia. Já comecei aula de tudo: violão, piano, violino, flauta, trombone, mas nunca terminei nenhuma. O único curso que terminei foi o de inglês porque tenho o sonho de fazer intercâmbio. 
Talvez essa seja a chave para se ter disciplina e dedicação: a possibilidade de realização de um sonho.
eu tenho vários sonhos, mas nem eles conseguem me tirar do comodismo para traçar novos rumos. 
O que eu faço? Me dedico até o limite. Se cansar, paro, respiro, faço outra coisa e depois volto. Percebi que não adianta forçar ficar horas sentada estudando ou treinando. O que vale é aproveitar cada segundo de força de vontade que se tem naquela hora; senão, ela passa e você volta com a 'preguicite'. 
A disciplina vêm aos poucos, à medida que a minha necessidade aumenta. Mesmo com pouca vontade, faço bastante esforço para alcançar o que eu quero.
Só espero que esses resultados não demorem...



terça-feira, 20 de novembro de 2012

ideia

Não seria uma boa ideia ir ao parque?
Não seria uma boa ideia ir ao parque com meus melhores amigos?
Não seria uma boa ideia ir a esse parque e levar um violão?
Não seria uma boa ideia nos juntarmos para cantar canções ?
E compor..
e cantar
e rir.

não seria uma boa ideia?

Seria se não ficasse SÓ na ideia.
Vamos lá! Levante-se!
Vá chamar os seus amigos para um passeio no parque... e com um violão!
Aproveite enquanto você ainda tem ideias!
Ideais..
Aproveite enquanto ainda há tempo para se ter ideias.

Carpe Diem !

segunda-feira, 23 de julho de 2012

"Certas coisas me deixam triste. E louca. Como pode a gente gostar de uma pessoa, ver que ela está chateada e ficar de braços cruzados? Como pode você perceber que o outro está te tratando diferente e ficar indiferente? Como pode a gente só olhar para o próprio umbigo e para as necessidades pessoais? Como pode a gente só pedir apoio, calma, paciência e compreensão e não dar nada em troca? Como pode a gente não se dar por inteiro, mas esperar que a outra pessoa esteja inteira? Hoje em dia é muito fácil querer, exigir, fazer questão que o outro nos enxergue. Difícil mesmo é se colocar no lugar do outro, tentar se ver de longe e analisar onde está o nosso erro."


Clarissa Corrêa



iCheckMovies

Recentemente, eu descobri uma rede social para os amantes de filmes, iCheckMovies. É bem simples de usar. Existem várias listas de filmes [muuuuuuuuuitos mesmo!] e é só marcar os que você já assistiu. Também tem como fazer uma lista dos filmes que você quer assistir, uma lista dos seus favoritos..
Dá pra discutir e opinar sobre os filmes e adicionar filmes.
Eu achei muito interessante, principalmente pra quem gosta de filmes diferentes. Tem muitas opções. Já fiz a minha conta e já estou viciada. Todos os dias procuro filmes novo pra assistir, marco os que eu já vi e opino também.
Vale a pena conferir!

Achei na Superinteressante.


sábado, 21 de julho de 2012

"O ontem é história. O amanhã é mistério. Mas o hoje é uma dádiva, por isto se chama presente." 

Kung fu Panda